sábado, 11 de dezembro de 2010

Se amar...


Se amar é o sentido da vida,morrer de/por amor deveria ser o sentido da morte. Pois o ódio não existe é apenas a falta de amor, e essa falta de amor anda causando catástrofes em tudo, essa falta de amor está consumindo as pessoas e cada vez mais ela vão se manchando.
Como Romeu e Julieta, onde existia falta de amor entre os Capuletos e Montéquios até acontecer o inesperado, e só então as famílias resolveram preencher a falta de amor que havia entre eles.
E então, se pensarmos bem, a falta de amor é a culpa de tudo que nos oprime.

5 comentários:

kevin disse...

te amo gabizinha <3

Jheni disse...

Viva ao AMOR

Anônimo disse...

Tanto a falta quanto o excesso, que acaba gerando uma opressão muito maior.

E ódio nao é ausencia de amor, mas sim o outro lado da moeda... Ausência de amor é indiferença.

Anônimo disse...

amo amo amo..mais que xucolate..e tichup com pipoca....amo amis que salada de brocolisss....
te amo minha Linduxaaaaaaaaa

=]

Gabriel G. disse...

falta de amor...
é um sinônimo muito bonito pro ódio.
Gostei do blog,
parabéns.

Postar um comentário